O e-learning está em ascensão há mais de uma década, mas os últimos dois anos foram cruciais para consolidá-lo como um importante ramo da aprendizagem para escolas e universidades. Embora o setor educacional tenha sofrido algumas interrupções, a tecnologia conseguiu manter muitos barcos à tona.

As ferramentas de tecnologia educativa tornaram-se um grande trunfo para escolas e universidades em todo o mundo, proporcionando uma agradável experiência de aprendizagem. Além das tendências de aprendizagem com as quais as pessoas já estão acostumadas, há uma variedade de tendências digitais em ascensão que revolucionarão o espaço de aprendizagem em 2022. Vamos dar uma olhada nelas:

1. Salas de aula híbridas

Embora algumas instituições estejam reabrindo seus espaços, nem todos se sentem à vontade para voltar às salas de aula. Os alunos esperam uma certa flexibilidade, e o relatório Future of Higher Ed, que analisa o futuro do ensino superior, mostra exatamente isso.

Para os alunos, a capacidade de acessar seus materiais de aprendizagem a qualquer momento é um benefício significativo. Ferramentas de tecnologia educativa como Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVA) incluem todos os materiais em um único lugar.

O futuro do ensino híbrido alivia a escassez de professores, disponibiliza a aprendizagem independentemente da localização física, cria um ambiente mais equitativo para alunos remotos e reduz os custos para as instituições.


Leia mais:
Primeiros passos com o ensino híbrido


2. Mais liberdade com a aprendizagem assíncrona

A mudança para a aprendizagem remota deu aos alunos a liberdade de concluir lições e trabalhos em seu próprio ritmo. Enquanto os alunos mais novos precisam de mais orientação, os mais velhos têm horários mais flexíveis.

No entanto, os alunos mais novos também podem se beneficiar com o modelo de aprendizagem assíncrona e aprender a administrar seu tempo desde cedo. Por exemplo, eles podem estudar duas ou três horas pela manhã, concentrando-se na leitura, e depois continuar com a lição pela tarde.

Embora eles ganhem mais liberdade e tornem-se mais independentes em seus estudos, o trabalho dos professores não se torna obsoleto. Os educadores podem orientar os alunos em seus materiais, ajudar em caso de dificuldades e garantir que eles adquiram um nível mais alto de compreensão.

Leia mais: Adotando a mentalidade assíncrona para um ensino online melhor


3. Realidade virtual na sala de aula

Até recentemente, a realidade virtual (RV) era vista como uma novidade, mas as pessoas estão finalmente se embarcando nessa tendência. Professores e pais acreditam que jogos com tecnologia de RV moldarão o futuro da aprendizagem.

Os investimentos nesse setor aumentaram e a previsão é de que eles cheguem à marca de 700 milhões de dólares no setor de educação até 2023. Os alunos estão entusiasmados com o que o futuro reserva e provavelmente demonstrarão interesse em uma aula focada em RV.

Aprender em um ambiente menos formal incentiva os alunos a saírem de suas bolhas e se tornarem mais criativos, ao mesmo tempo em que elimina distrações e promove a imersão no cenário da aprendizagem digital.

4. Diversidade, equidade e inclusão

Quer estejamos falando de pequenas escolas ou grandes ambientes de campus universitários, a diversidade, a equidade e a inclusão são essenciais para criar e manter um ambiente saudável. Ao implementar essas práticas em sala de aula, os professores incentivam comportamentos positivos, promovem um sentimento de entrosamento e incutem respeito entre os colegas.

Com uma taxa alarmante de bullying cibernético e um discurso de ódio em aumento devido ao maior tempo on-line, o foco na diversidade se torna mais importante do que nunca. Este é um excelente momento para abandonar uma abordagem padrão única e promover uma experiência de aprendizagem personalizada que considere as necessidades de cada aluno.


Leia mais: Cinco ferramentas digitais para tornar a sala de aula virtual mais inclusiva


5. A par das emoções dos alunos

Embora às vezes seja óbvio como os alunos se sentem em relação a uma matéria, há casos em que os professores precisam de informações mais precisas.

O futuro do e-learning mede o pulso da comunidade para criar uma melhor experiência de aprendizagem. Por exemplo, uma aula virtual tem lições diferentes que os alunos precisam concluir. De vez em quando, eles se deparam com um trabalho que testa a compreensão. Enquanto clicam, os alunos podem mostrar suas emoções por meio de diferentes reações: animados, confusos, entediados etc.

A maioria dos alunos não é estranha a essas “reações”, pois eles as usam com frequência em outros lugares. Classificar como eles se sentem em relação a uma situação de aprendizagem específica pode fazer a diferença em sua aprendizagem.

6. Aproveitamento dos dados das plataformas

As plataformas de aprendizagem já fornecem análises e relatórios abrangentes que mostram o progresso dos alunos. Uma vez analisado esse progresso, os professores podem ajudar aqueles que apresentam dificuldades para entender certos conceitos e incluir materiais úteis em suas trajetórias de aprendizagem individuais.

Como uma boa parte da aprendizagem ocorre on-line, nem sempre é fácil supervisionar todos os alunos de perto. No entanto, graças aos dados coletados, professores e instituições podem tomar melhores decisões para seus alunos.

Por exemplo, os educadores podem ajustar suas aulas para torná-las mais envolventes e pessoais. Mais ainda, as escolas podem construir uma comunidade de aprendizagem on-line depois de analisar o que os alunos estão fazendo e entender como eles interagem on-line.

Leia mais: As estatísticas de um AVA mais importantes que os professores devem conhecer


Resumo

Sempre foi um desafio moldar mentes jovens com a ajuda de ferramentas de tecnologia educativa inovadoras. A principal prioridade deve ser preparar os alunos para suas futuras carreiras e, ao mesmo tempo, permitir que eles se expressem incutindo confiança e empatia. No entanto, precisamos lembrar que as tendências vêm e vão. Por mais úteis que elas sejam, o papel dos professores continua sendo essencial.

Fique por dentro! Manteremos você atualizado com as dicas e recursos EdTech mais valiosos. Inscreva-se e nunca mais perca uma postagem!