Há algumas semanas, assisti novamente ao filme “Uma Noite no Museu” com minha família e percebi que uma das melhores lembranças que tenho dos anos de escola é uma visita ao museu. Lembro-me de ter ficado hipnotizado com o primeiro esqueleto completo de dinossauro que vi no museu de história natural. Como uma criança apaixonada por tudo o que tem a ver com dinossauros e que mal sabia soletrar o alfabeto, mas era capaz de identificar muitas espécies de dinossauros, ver um esqueleto inteiro no museu de história natural foi realmente um acontecimento maravilhoso para mim.

Uma amiga minha tinha paixão pelo Egito Antigo quando era criança. Ela podia falar por horas sobre Nefertiti, Tutancâmon, as múmias e as pirâmides. Trinta anos depois, a primeira visita a um museu de história antiga ainda é uma lembrança bastante viva para ela.

Os museus são uma oportunidade fantástica para saber mais sobre as nossas paixões. Eles fornecem informações valiosas sobre história, cultura, natureza e ciência e, ao mesmo tempo, oferecem interações sociais significativas para visitantes de todas as idades. Quando estava no colegial, tive a oportunidade de ver uma incrível exposição de Caravaggio que me deixou apaixonado pela arte renascentista.

A educação não deve se limitar à experiência em sala de aula, e os museus são uma solução excelente para experiências de aprendizagem envolventes com alunos do ensino fundamental e médio.

Quatro museus online que você pode trazer para a sala de aula

Infelizmente, os museus estão encontrados principalmente nas grandes metrópoles e áreas urbanas. Alguns dos museus mais famosos do mundo estão localizados em Nova York, Washington, Londres, Paris, etc. Portanto, eles não estão facilmente disponíveis para todos os alunos. A pandemia global e as regras de distanciamento em muitas das nossas comunidades locais também não ajudam.

No entanto, uma boa conexão com a Internet (e um pouco de imaginação) pode ajudar os professores a trazer os museus para a sala de aula, seja ela física, híbrida ou totalmente virtual, e a proporcionar aos alunos uma experiência de aprendizagem significativa.

Vejamos algumas soluções digitais para uma experiência de museu virtual:

  1. Google Arts & Culture

    Esta é de fato uma porta mágica para entrar no universo de alguns dos artistas mais notáveis da história humana. Podemos passar horas admirando as pinturas de Leonardo da Vinci, Gustav Klimt ou Ticiano. Ou podemos passear pelo templo de Ryōan-Ji sem precisar comprar uma passagem de avião cara para Kyoto. Na seção 360º Video, podemos embarcar em uma viagem extraordinária para ver museus ou visitar locais históricos em todo o mundo.

  2. The Solomon R. Guggenheim Museum

    Este é um dos museus mais visitados globalmente, com três localizações impressionantes (Abu Dhabi, Veneza e Bilbao) e exposições permanentes, além de novas abordagens inovadoras à curadoria artística. O site é fácil de navegar e possui várias seções que podem ser utilizadas para fins educativos: Tour the Building (Faça um tour pelo edifício), Discover our Collection (Descubra nossa coleção), Current Exhibitions (Exposições atuais). Além disso, o museu oferece atividades e aulas que permitem aos alunos vivenciar o Guggenheim em suas próprias casas.

  3. The Metropolitan Museum of Art

    Ah, sim! O MET, o destino de arte elegante disponível apenas para os sortudos que moram ou visitam Nova York. Agora não mais. O MET está a somente um clique de distância, com excelentes recursos educacionais e culturais: coleções, exposições, blogs e workshops. Os educadores também podem se beneficiar com a experiência. Existe uma seção com planos de aulas e materiais curriculares para os ensinos fundamental e médio que podem ser uma fonte maravilhosa de inspiração para criar excelentes experiências de aprendizagem online para os alunos.

  4. Smithsonian National Museum of Natural History

    A seção Education (Educação) do Smithsonian National Museum of Natural History tem muitos recursos para professores de ciências naturais. Para ajudar seus alunos a descobrir fatos surpreendentes sobre extinção, vulcões, placas tectônicas, o início da vida na Terra (apenas para citar alguns tópicos), basta clicar nas imagens e acessar os materiais de ensino. Existem recursos bilíngues para quem ensina em inglês e espanhol, então aproveite para levar seus alunos ao museu para uma ótima experiência de aprendizado multilíngue!

Vamos ao museu!

Luis Camnitzer, um famoso artista, curador e acadêmico uruguaio, projetou uma instalação com três frases simples, mas poderosas, que capturam a essência das experiências em museus. Elas podem ser vistas nas paredes do Guggenheim Museum:

O museu é uma escola. O artista aprende a se comunicar. O público aprende a fazer conexões.

O que é educação, senão a oportunidade de fazer conexões e absorver o conhecimento humano? Vamos oferecer aos nossos filhos uma visita ao museu (online)!

Fique por dentro! Manteremos você atualizado com as dicas e recursos EdTech mais valiosos. Inscreva-se e nunca mais perca uma postagem!