Uma das maiores lições que aprendi como um ex-educador que se tornou líder de uma empresa de e-learning é que o sucesso de uma organização se mede pelo sucesso de seus colaboradores. Os professores trabalham melhor quando têm tempo para construir relacionamentos entre professor e aluno, gerenciar sua carga de trabalho e recarregar as energias em suas vidas pessoais.

Suas responsabilidades sempre foram muitas, e o esgotamento é um grande problema antes, durante e mesmo depois da pandemia. Prova disso é que muitos professores planejam deixar a profissão nos próximos anos.

É por isso que a comunidade acadêmica deve priorizar o bem-estar dos professores e o equilíbrio entre suas vidas profissional e pessoal. A longo prazo, o foco deve estar em repensar a remuneração e os benefícios e em adotar mudanças significativas com base nas necessidades deles.

Uma dessas mudanças é a tecnologia educativa. A estratégia de reunir o feedback de centenas de professores em mais de uma década me mostrou que os educadores também se beneficiam imensamente ao ensinar com a ajuda da tecnologia.

Aqui estão apenas alguns motivos pelos quais a tecnologia educativa ajuda os professores a encontrar um certo equilíbrio em suas vidas.

Gestão do tempo e equilíbrio

Como a maioria dos jovens professores, eu queria inspirar meus alunos. No processo de dar notas para montanhas de tarefas dos alunos e realizar outros tipos de trabalho administrativo, parecia que toda a minha energia estava sendo direcionada para algo irrelevante e secundário.

O trabalho administrativo é muito demorado, e não precisa ser assim. O que costuma levar horas agora pode ser feito em questão de minutos. Por exemplo, com a ajuda de uma plataforma de aprendizagem, os professores podem manter tudo organizado e gerenciar seu tempo na mesma medida.

Não há mais trabalhos perdidos, pois tudo está registrado no sistema. Os professores podem organizar suas aulas, usar modelos para criar novas aulas rapidamente e usar o calendário para agendá-las, entre muitas outras coisas.

Diminuir a carga cognitiva

Os professores têm que trabalhar de maneira mais inteligente, sem dificuldades. As longas horas e o cansaço resultantes do trabalho remoto podem afetar negativamente o bem-estar de uma pessoa.

Os líderes escolares devem apoiar ativamente os professores e fazer o que puderem para aliviar suas cargas de trabalho. É por isso que cada hora investida na tecnologia educativa economiza muitas horas de trabalho no futuro, pois os professores se tornam mais produtivos e confiantes em sua capacidade de permitir que essa tecnologia se encarregue das tarefas administrativas repetitivas.

Por meio de soluções de ensino inteligentes, os professores são notificados sempre que os alunos entregam trabalhos. Eles podem usar questionários com avaliação automática e dar feedback imediato para os alunos. Terminado o dia de trabalho, os professores devem ser incentivados a se desconectar e fazer uma pausa.


Leia mais: Como superar a fadiga digital sendo professor


Sentir-se menos sobrecarregado

Monitorar o progresso dos alunos é um fator de estresse essencial, mas raramente é sentido como tal. Os professores gastam muito tempo preparando questões e avaliando o progresso dos alunos, o que é muito difícil de se fazer em uma sala de aula cheia.

Isso consome muitos recursos mentais. Além disso, nunca é possível ter cem por cento de certeza de que os alunos entenderam tudo. No entanto, a implementação de um sistema baseado no domínio, no qual lições e trabalhos são identificados como competências, facilita o acompanhamento do progresso dos alunos.

Por exemplo, os professores podem perceber quando um aluno apresenta dificuldades com uma lição ou um conceito. Eles também podem intervir rapidamente, para que ninguém fique para trás na aula.

Comunicação efetiva

A má comunicação provoca mais estresse em qualquer organização. Os professores às vezes têm dificuldade em gerenciar a relação entre os pais e a escola. Em muitos casos, eles passam muito tempo discutindo o progresso dos alunos cara a cara com os pais.

Isso é ótimo, mas nem sempre produtivo, pois algumas coisas, como comunicar notícias sobre os próximos eventos da escola, podem ser feitas on-line. As escolas têm uma oportunidade única de estabelecer canais de comunicação remotos entre pais e professores, pois a pandemia nos mostrou que nem tudo precisa ser discutido presencialmente.

Além disso, por meio da tecnologia educativa, os pais podem fazer login e ver as notas e o progresso de seus filhos, promovendo a mentalidade de que estão todos no mesmo time.


Leia mais: Como a tecnologia educacional fortalece o envolvimento dos pais na aprendizagem online


Acesso a recursos

Os professores querem se sentir valorizados. No entanto, demonstrar apreço por meio de promessas e palavras de incentivo não é o suficiente.

Eles precisam de apoio real com base em suas necessidades mais urgentes. Em consequência disso, a falta de recursos adiciona muito estresse à rotina dos professores. Eles acabam tendo que gastar ainda mais tempo resolvendo problemas do que realmente ensinando.

Os recursos precisam envolver duas coisas. A primeira é o uso de soluções de alta qualidade, incluindo a tecnologia educativa. A segunda é o conhecimento e o tempo investidos no desenvolvimento profissional, para que os professores possam se sentir confiantes em usar quaisquer recursos à disposição.

Reuniões regulares de bem-estar

Há uma tendência de se concentrar apenas nos alunos, mas a tecnologia educativa também pode ser usada para cursos de desenvolvimento profissional de professores. Por exemplo, os educadores podem compartilhar seus recursos de ensino com os colegas, economizando um tempo bastante significativo.

Eles podem se comunicar, apoiar uns aos outros e criar um senso de comunidade, mesmo remotamente. Isso tem um impacto significativo, pois, às vezes, tudo o que os educadores precisam é de que os outros os ouçam e demonstrem empatia.

Os líderes escolares também podem se manter em dia com os professores de tempos em tempos, pedir feedback e organizar reuniões informais para discutir questões importantes.


Leia mais: Como ter sucesso na formação digital de professores


Resumo

Temos que deixar de perder nossos educadores. Uma conversa aberta sobre o equilíbrio entre as vidas profissional e pessoal deve ser acompanhada de soluções práticas que resolvam os problemas reais dos professores. Uma dessas soluções é a tecnologia educativa, que economiza tempo e remove parte da carga de trabalho dos ombros dos professores.

Fique por dentro! Manteremos você atualizado com as dicas e recursos EdTech mais valiosos. Inscreva-se e nunca mais perca uma postagem!